quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Há dias...

Nunca vos aconteceu acordar um dia, revisitar o vosso passado e tirar conclusões, por vezes tão evidentes que sempre estiveram presentes mas nunca as aceitamos? Pensar nas emoções que não vivemos, nos sonhos que não realizamos e que dificilmente concretizaremos, nas experiências que adiamos? Recordar quem fomos e onde queríamos chegar? Reflectir nas escolhas que fizémos e pensar se foram as mais acertadas? E concluir que estamos tão distantes de nós...
E, num dia como este, pensei que bom seria que esta não fosse a minha história, mas uma outra. Talvez fosse pior e talvez não...nunca sabemos ao certo o que teria acontecido se tivessemos optado por outro caminho. Mas há dias assim, em que questionamos tudo. Que outro dia chegue em que ache que, afinal, tudo valeu a pena...

6 comentários:

Sofia disse...

Sim, há dias "manhosos". A vida é feita de escolhas, eu podia ter ido para o Vietname viver e fiquei cá. Foi a melhor escolha da minha vida :) Conheci o meu gaijo e hoje tenho um puto lindo.
Olha lá, eu passei por aqui para te dizer que gosto do nome Tomás, hã? Não me entendas mal. Há é tipo "ondas de nomes"(a tal questão ciclica), para menina foi Beatriz (que seria o nome que daria a uma filha e o que escolhi para a minha sobrinha e há imensas) e para menino era precisamente Tomás que eu gostava (depois o pai não gostou e ficou Miguel).
Depois também se acha um nome mais ou menos visto consoante os bebés que conhecemos...E se calhar como eu gostava de Tomás acho que há mais do que aqueles que realmente existem. É como quando estamos grávidas vemos grávidas em todo o lado, LOL
Bjos

Eli disse...

linda, também tenho dias assim... como te compreendo;) mas nesses dias tento pensar nas coisas boas que vieram das escolhas que fiz... tenta pensar assim... Beijos

Necas disse...

tambem tenho desses dias e fico insuportável, sem paciência para nada, nem ninguem. Esperemos que amanhã estejas melhor, mais animadita.Um miminho grande

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Mary disse...

Há dias cinzentos... mas há outros bem mais coloridos, não é?
Boa sorte para a tua nova escolinha... e dizes bem, em vez de estares com o pequenote há noite estás ao final da tarde que vai dar ao mesmo, o que interessa é a qualidade do tempo...
Bjs

Rafael e Daniel Sousa disse...

Olá Mamã Borboleta! Este teu post faz-me lembrar uma citação que adoro e que faço questão de a ter no início do meu blog: "A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade."
Dá que pensar...
Bjs
Fica bem