domingo, 5 de junho de 2011

O meu Deus grego!

Das coisas que mais me irritam é estarem sistematicamente a dizer que o Tomás é grande. "- Só tem dois anos??? Que grande!!!" Mas que culpa temos nós de vivermos num país de minorcas? Nunca gostei de homens baixos e graças a Deus tenho um filho que será alto, bonito, um Deus grego!!! Mais parece um sueco ou um alemão, de olhos azuis e pele ebúrnea!E ontem já fomos comprar a cadeira dos 15 aos 36 kgs e verificámos que na Chicco já não há carrinho, triciclo ou afins onde ele caiba. Temos rapazote!

2 comentários:

Vanda Cachapa disse...

Que maravilha :) um grande homem

Sofia disse...

E dizem isso com olhar crítico? Por acaso ao Miguel há quem ache que eu estou a dar tanga, mas maior parte das vezes as pessoas dizem em forma de elogio...
A parte chata é mesmo as cadeirinhas do carro...
Bjs