sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

6 meses e...muitos desabafos

O tempo passa depressa. O nosso Tomás já tem 6 meses! E contínua esperto, muito desenvolvido e bonito como sempre o foi!
Não temos actualizado o nosso cantinho como seria desejável. Como todas certamente o saberão, ter um bebé em casa implica muito trabalho e dedicação e aliando essa função com a de professora em duas escolas, esposa, filha, estudante, enfermeira, dona de casa, blá, blá, blá...não sobra tempo nenhum e o dia bem que podia ter 48h para que conseguisse fazer tudo isto.
Para além de tudo o que referi, o ano de 2009 tem sido muito penoso para a nossa família. Primeiro, o Tomás ficou doentinho pela primeira vez: constipou-se, chegou aos 39,5 de febre, coisa que nunca tinha tido, tivemos de ir 2 vezes ao pediatra com ele e foi muito complicado, pois teve de ficar quase 15 dias em casa. Ora, como sou professora e não posso faltar, foi um martírio organizar a família no sentido de ficarem com o Tomás. O pai meteu férias, a avó também e depois o padrinho, a avó e o pai foram pedindo para sair mais cedo, aqui e ali, para cuidarem dele. Foi um stress pavoroso, andava sempre a correr e estafada, e com o coração em sobressalto por ver o meu pequeno naquele estado. É preciso ter nervos de aço, é o que vos digo! Mas quando temos um clã como a minha família tudo se consegue ultrapassar! O pior é que ele está a ter uma recaída...nem quero pensar nisso...
Passado o susto inicial da primeira febre do Tomás, recebi a notícia que a minha avó paterna tem um cancro. Não somos muito próximas, mas fui-me muito abaixo por ver o meu pai tão triste. E se ele está mal, eu não posso andar bem. Dois dias depois, assisto a um assalto de uma carteira! Qual filme de acção, sigo atrás da ladra e consigo recuperá-la. Três dias depois, uma moradia cá da rua sofreu um assalto à mão armada, com direito a tiros à queima roupa, sequestro e outros. Quem é testemunha de tudo? Myself! Ainda não me refiz do susto e, apesar de viver numa zona muito tranquila e óptima sob todos os pontos de vista, isto deixou-me muito preocupada. Onde há sinais de riqueza exterior há sedução e temos de estar sem em alerta. É um stress, anda por todo o lado. Mais vale viver num arrabalde chungoso...sempre corremos menos riscos. Ainda não me tinha recomposto de tudo isto, a minha mãe estava a tomar conta do Tomás, saiu de minha casa a correr para ir para o trabalho e tem um acidente. Mais um stress, mais uma preocupação, mais um problema. Senti-me culpada!
E quando pensava "Que mais me vai acontecer?"....recebo a notícia que empresa do papá vai muito mal e a falência é o caminho mais provável! A minha vida dava um filme, só espero que esta nuvem negra vá para bem longe e que quem nos mandou este grande mal olhado (até posso calcular) o receba de volta a triplicar!!!
Resultado global: ando tão stressada e tão nervosa e que o meu leitinho foi-se!!! Como desalmadamente, facto que me é comum em situações limites como esta! Adivinha-se uma depressão a qualquer instante.
No meio deste imbróglio, tenho um filho e uma família fantástica sempre do meu lado. O meu maridinho lindo, os meus pais, avó e irmão estão sempre disposto a ajudar e isso não há nada que o suplante. São muito queridos, no seu jeito atrapalhado e brejeiro de estar! Por exemplo: quando o Tomás fez 6 meses, os avós convidaram-nos para almoçar fora para comemorar a data. Como estava doentinho, dissemos que ficaria para uma próxima vez. Assim, os avós trouxeram-nos a festa até nós e cantámos os parabéns ao Tomás lá em casa! Estão sempre a mimar-nos, principalmente agora que o pendão do desemprego paira sobre as nossas cabeças. Tenho pena da minha mãe, que já não dorme por causa disto tudo. Quando um de nós, não está bem, ninguém do resto da família consegue estar. Sou uma felizarda, ainda que não o reconheça como merecem que o faça. Mas o importante é o que reside no nosso coração e tudo o que sempre me têm dado mora no meu albúm de memórias e jamais o conseguirei esquecer ou apagar (que lírica que eu sou!).
E porque a vida não só só amarguras e desaires, vamos a dados felizes! O Tomás aos seis meses:
- mede 72 cm;
- pesa 8900 kg (ai as minhas costas!);
- tem 4 dentinhos e muitos a espreitar!
-está a ficar mais lourinho;
-tem um sorriso de arrasar qualquer coração;
- faz festinhas;
- adora brincadeiras doidas;
- Faz brrrrr com os lábios e é sopa por todo o lado;
- deita a língua de fora, o safadote;
- adora sopa de alho francês, manga e papaia;
- quer sempre mais e mais papinha (é um comilão);
- já vai gostando de estar na escola;
- franze as sobrancelhas quando está chateado;
- adora a canção "Era uma velha que vivia numa ilha...";
- fica tempos infinitos a ver a publicidade do canal fox;
- não gosta de sapatos, sapatilha e afins;
- é o menino mais desenvolvido da sala dele;
- continuam a incentivar-me a mandar fotos dele para as agências...;
- está tão lindo...é tão lindo!
És a nossa alma, filho querido! Adoramos-te muito!
E mais boas notícias: a minha amiga Isabel via ter gémeos! E a minha amiga Ritinha já viu o seu pucunino pela 1ª vez! Estamos a torcer por vós! Vai ser um Verão repleto de emoções...3 bebés de uma assentada só! Tão bom...
Até breve! Vou ver os vossos cantinhos.

8 comentários:

Mary disse...

Bom, puseste tudo em dia para quem não dava notícias. Espero que venha aí uma onda muito positiva para vocês!
O teu rebento está optimo pesa tanto quanto o meu que tem 10 meses hihihih
Bjs

Anónimo disse...

Olá querida mamã, realmente parece que um azar nunca vem só...mas que coisa...bom, o que vale é que o teu Tomás está um bebé lindo, muito saudável e desenvolvido, sem dúvida!
Mil beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

mãe pimpolha disse...

Parabéns pelos 6 meses, tens aí um matulão.
Beijocas

susana disse...

olá borboleta,
depois da tempestade vem a bonança,
acredita que tudo vai melhorar.
o mais importante é a familia estar únida e o apoio mutuo, e deste lado também tens sempre uma palavra amiga, ou várias para os teus desabafos.
um beijinho grande para o tomás e um abraço apertado para ti

Ângela Vieira disse...

Poxa que mau início de ano...tanta coisa menos boa...
Espero que passe essa maré de azar!

Parabéns por mais um mesinho do Tomás que parece estar muito desenvolvido!

Beijinhos grandes e continuação de um optimo fim-de-semana
Ângela e Tomás

Belinha disse...

Amei o nome do blog... Nem precisa dizer porque amo boborleta...Parabens pelo blog

Romantica disse...

Bem sei como é dificil ter tempo para vir actualizar os blogs.
Quanto ao teu menino deve estar um amor. Parabéns pelos dentinhos. O Rodrigo ainda não tem nenhum.
Beijitos grandes.

Sandra - Pais Babados disse...

Espero que esteja tudo melhor agora!

Beijinhos grandes!